Coala Festival 2017 baseia sua identidade visual em games

Já ouviu falar do Coala Festival, evento dedicado à nova música popular brasileira? Pois bem, o evento não é apenas sobre música, mas também sobre todas as formas de arte. Neste ano a identidade visual do festival é certeira para alcançar o público jovem, pois ela é inspirada em games, mais especificamente no Street Fighter. A ideia surgiu do Christiano Vellutini, um dos sócios do Coala Festival, e o ilustrador Diego Sanches deu vida à ideia.

Para o anúncio das atrações do Coala Festival, cada artista confirmado foi transformado em um personagem na estética de videogames 8-Bit, ou seja, um visual de pixel art. O primeiro vídeo revelou a participação de Caetano Veloso, Emicida, Liniker e os Caramelows, entre outros, todos como se fossem personagens de um game de luta. A inspiração foi tirada daquela tela de “escolha de personagens”, bastante tradicional de jogos. Nesse caso, porém, a “escolha” é entre os artistas anunciados na programação de 2017.

18301349_806308662868076_5990886658188330511_nA decisão por uma linha de comunicação ousada tem como objetivo aproximar o público jovem que se conecta emocionalmente com esse tipo de entretenimento digital. Além disso, torna-se um conteúdo a ser compartilhado nas redes sociais e, assim, ajudar a impulsionar ainda mais o festival e todas as atrações.

Em suas três edições, o Coala Festival recebeu artistas como Tom Zé, Criolo, BaianaSystem, Bixiga70, Karol Conká, Silva, Céu, Marcelo Camelo, BNegão, Cícero, Saulo Duarte e A Unidade, Otto, Marcelo D2, 5 a Seco, O Terno, Trupe Chá de Boldo, Amigos da Onça, Charlie e os Marretas, entre outras bandas que representam a diversidade da música brasileira. Além dos shows, o Coala recebe fotógrafos, grafiteiros, artistas plásticos e outros.

Confira abaixo o lineup do Coala Festival 2017:

 

Serviço: Coala Festival 2017

Data: 12 de agosto (sábado)
Local: Memorial da América Latina – Praça Cívica
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda, São Paulo
Horário: 11h (abertura dos portões)
Ingressos: R$ 90,00 (meia-entrada) e R$ 180,00 (inteira)
*A meia-entrada é garantida aos estudantes e às pessoas que levarem um livro ou um quilo de alimento não-perecível no dia do evento
Venda online: http://bit.ly/2pazQ2n
Classificação: 18 anos
Evento no Facebook: http://bit.ly/2oYVYgR

Oportunidade – Gamers Club abre três vagas para Developer

Mais três vagas surgem aqui no GameReporter para quem procura uma recolocação profissional na área de jogos eletrônicos. A Gamers Club, plataforma dedicada a fomentar o eSports no Brasil, continua sua caminhada de sucesso após a fusão com a Games Academy, primeiro projeto brasileiro com o intuito de desenvolver atletas de eSports.

Para tanto, a companhia está em busca de profissionais apaixonados por jogos eletrônicos dispostos a encarar novos desafios. Não foi divulgado benefícios e os projetos envolvidos nos cargos. São três vagas em aberto, sendo elas:

  • Designer/Front-end Developer
  • Back-end Developer
  • Full Stack Developer

Todas elas exigem nível de experiência pleno-sênior. Para participar deste processo basta preencher um formulário online e aguardar contato da equipe de recrutamento. As perguntas estão dividas em 5 sessões (pessoal, back-end, devops, front-end, design) e não correspondem a experiência de uma vaga específica, não há problema em ter experiência em apenas uma delas.

Sobre a Gamers Club

Para quem não conhece, a Gamers Club foi fundada em 2015 por jogadores que buscavam desenvolver o esporte eletrônico na América Latina. Com mais de 400.000 usuários e crescendo exponencialmente, é considerada a maior plataforma de Counter Strike:Global Offensive do Brasil, realizando mais de 500.000 partidas por mês em seus servidores.

Preencha o formulário da Gamers Club aqui.

Oportunidade – CD PROJEKT RED procura Community Manager no Brasil

Desde que a franquia The Witcher caiu no gosto dos gamers, a CD PROJEKT RED é uma das mais importantes empresas de jogos eletrônicos do mundo. Não é segredo pra ninguém que a companhia tem interesse em expandir seus negócios no Brasil vide que The Witcher 3 inclusive veio todo localizado em PT-BR. Pois bem, a empresa está em busca de um “community manager” para tocar os negócios no Brasil.

O profissional ficará responsável por construir e manter relacionamentos com fãs e com a comunidade envolvida com a franquia The Witcher como fã-sites, influenciadores (youtubers, blogueiros etc) e jogadores. É mais do que imprescindível fluência em inglês e português, pois o profissional estará em contato direto e constante com a CD PROJEKT RED.

the-witcher-3-dev-on-accusations-of-graphical-down_975a-640

As atribuições de cargo são variadas e demanda alta responsabilidade, como bolar estratégias de comunicação efetivas, promover ações que despertem interesse da comunidade para jogos como o GWENT e demais projetos em desenvolvimento. Além disso, o profissional vai colher feedbacks da comunidade semanalmente e repassá-los para os desenvolvedores dos games a fim de melhorar a experiência dos usuários.

 

Para se candidatar ao cargo de community manager da CD PROJEKT RED é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Familiaridade com ferramentas sociais;
  • Fluência em comunicação (escrita e falada) de português brasileiro e ótimo nível do idioma inglês;
  • Habilidade para analisar e tomar decisões;
  • Ser um gamer;
  • Habilidade para se comunicar com as pessoas online;
  • Criatividade e autoconfiança.

 

A produtora não divulgou os benefícios, mas sabe-se que o profissional contratado trabalhará em uma das maiores empresas de jogos do mundo em uma indústria crescente, receberá um salário competitivo e a oportunidade de conhecer a Polônia e o ambiente onde a franquia The Witcher é produzida. O trabalho de gerente de comunidade é remoto.

Para participar do processo de seleção basta encaminhar seu currículo (em inglês) no email careers@cdprojektred.com. Mais detalhes podem ser vistos no anúncio da vaga no site da CD PROJEKT RED.