PRODAV – Inscrições abertas para novo edital de investimento em jogos eletrônicos

Ótima oportunidade para conquistar o tão sonhado orçamento para produzir aquele seu game bacana! Já estão abertas as inscrições para a Chamada Pública PRODAV 14/2017, a segunda edição da iniciativa do Programa Brasil de Todas as Telas que seleciona propostas de produção de jogos eletrônicos para exploração comercial em consoles, computadores ou dispositivos móveis.

De acordo com o edital, serão disponibilizados R$ 10 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA, e estima-se a seleção de 22 projetos de games. O prazo para inscrição vai até o dia 3 de julho, e devem ser feitas pelo Sistema FSA, no site do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, agente financeiro do FSA.

video-gamesOs valores de investimento da Chamada Pública da PRODAV estão divididos em três categorias, de acordo com o valor do investimento.  A categoria C contemplará projetos com até R$ 250 mil; a categoria B, até R$ 500 mil; e a categoria A, até R$ 1 milhão. A previsão é de seleção de 2 projetos na categoria A, 12 na categoria B, e 8 na categoria C. Podem ser inscritos projetos que se encontrem em qualquer etapa de produção, desde que o jogo não tenha sido lançado comercialmente. Cada proponente pode apresentar apenas um projeto e deve fazer a opção pela categoria em que deseja concorrer no momento da inscrição.

foto-800x450Podem participar do edital da PRODAV empresas produtoras audiovisuais e desenvolvedoras de jogos eletrônicos registradas e classificadas na ANCINE como agente econômico brasileiro independente. As empresas desenvolvedoras de jogos eletrônicos deverão possuir atividade econômica classificada no CNAE – Classificação Nacional de Atividades Econômicas como desenvolvimento de programas de computador sob encomenda; desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis; ou desenvolvimento e licenciamento de programas de computador não customizáveis. Devem ainda respeitar as vedações de controle, coligação e veto comercial ou qualquer tipo de interferência comercial sobre os conteúdos produzidos aos agregadores de serviços de jogos eletrônicos, ou provedores deste serviço ao consumidor final.

O processo de seleção levará em conta ainda as reservas mínimas de 30% dos recursos para projetos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e 10% para projetos da região Sul e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. Assim como na primeira edição, todas as propostas classificadas para a fase de defesa oral poderão se candidatar aos recursos do Procult/BNDES, de acordo com as regras específicas do Programa.

O lançamento do edital foi anunciado pelo diretor-presidente Manoel Rangel em evento realizado na última sexta-feira, 5, no Escritório Regional da ANCINE em São Paulo. No evento também foram anunciados os vencedores da primeira edição, a Chamada Pública PRODAV 14/2016.