Start Up Game Nacional promete facilitar a vida de desenvolvedores brasileiros

Você que é desenvolvedor indie sabe todas as pedras que surgem no caminha até a publicação e reconhecimento de seu produto por parte do público. A plataforma Game Nacional está surgindo para tornar a caminhada menos árdua. Basicamente é uma plataforma para ajudar a divulgar e receber apoio aos trabalhos de desenvolvedores indies de jogos digitais do Brasil, dando suporte desde a venda e compra de participação de seus projetos – que podem estar em estágio de desenvolvimento ou já finalizados.

A plataforma Game Nacional surgiu no final de 2016, em MG e ela funciona como uma startup fazendo uma seleção dos games com maior potencial de venda e público. A partir daí inicia-se um trabalho de advisor, apresentando o jogo para a mídia e investidores. Mais ou menos como um trabalho de assessoria/business. A intenção é impulsionar o cenário de jogos nacionais e tornar a vida do desenvolvedor mais fácil, não precisando se preocupar com detalhes extra-produção.

Alguns dos games apoiados pela Game Nacional

“Exibimos os games em eventos e festivais, apresentamos para investidores, orientamos sobre a gestão das redes sociais, fornecemos tradutores para dar uma nova perspectiva de distribuição para o game, oferecemos sonoplastia e suporte no relacionamento com a imprensa e influenciadores. Enfim, criamos toda base para levar o jogo a um outro patamar, podendo alcançar novas plataformas antes não vislumbradas como o Xbox, Playstation ou AppStore. Tudo isso com a curadoria de consultores experientes no mercado”, explica Adriano Reis, sócio da plataforma que atualmente conta no portfólio com seis jogos, dos quais três já receberam investimento.

Games que receberam apoio da Game Nacional

De acordo com os responsáveis, a plataforma Game Nacional já conquistou aporte para três jogos, e um deles está sendo atualizado para o lançamento até o final do ano. O primeiro deles foi Restless, um game 3D de ação com uma pegada de terror em terceira pessoa com puzzles. Outro jogo a receber apoio da start up foi DarkElf, um RPG 2D de ação com um visual vivo e um enredo dinâmico. Por fim, o game do Sansão, do gênero de ação e aventura com gráficos incríveis com uma história adaptada da Bíblia, também recebeu aporte e deve ser lançado a partir do segundo semestre deste ano.

Restless, um dos jogos beneficiados pelo projeto Game Nacional

Para o desenvolvimento deste trabalho, a startup conta com parceiros de peso, a BGC (Brasil Game Cup) e a BGS (Brasil Game Show), que disponibilizam stands para a apresentação dos jogos. A BGS é o maior evento de jogos da América Latina. Se você ficou curioso ou interessado, pode obter mais detalhes sobre o projeto no site oficial.

Evil Light – RPG brasileiro que mistura elementos de Gof of War e Darksouls está em campanha no Catarse

Já ouviu falar do Evil Light, o RPG brasileiro de mundo aberto? Pois bem, o projeto retomou sua campanha de crowdfunding no Catarse e merece uma atenção especial. O game é basicamente um RPG ao estilo Hack n Slash em que o jogador explora o cenário, resolve puzzles e enfrenta hordas de inimigos. Até aí nenhuma novidade, pense nele como uma mistura de God of War com Darksouls.

O jogador assume o papel de uma Elfa cujo objetivo é garantir sua própria sobrevivência em uma batalha contra as forças hostis em um mundo gigantesco e caótico. Além disso, a missão de nossa protagonista é resgatar o Fragmento de Luz que foi roubado e por isso ameaça a segurança do mundo de Celestin.

01O esquema de combate de Evil Light promete ser rápido e rasteiro. Você pode atacar vários inimigos ao mesmo tempo, de modo que os embates são repletos de ação. Dependendo do seu tipo de arma, no momento, você poderá ser uma presa fácil em algumas partes desse mundo. Por isso, é crucial buscar melhorar os seus itens antes de bancar o herói com qualquer arma, afinal os inimigos são bastante astutos e não dão trégua para o jogador.

A dificuldade do game é crescente: a cada Fragmento de Luz encontrado e recolhido no Submundo, mais difícil se tornará a sua jornada para se aproximar do Senhor do Submundo. Quando o núcleo for recuperado, a vida será restaurada. Mas não se preocupe: cada vez que você passar por uma batalha complicada, você recebe itens e armas diferentes para prosseguir a missão.

1_jpg

Como dito anteriormente, Evil Light está em campanha no Catarse e necessita da ajuda dos jogadores para atingir sua meta de R$ 38 mil. O game chegou a ser apresentado em alguns eventos de games em Pernambuco e quase foi parar na BGS 2016. Agora com a campanha retomada a expectativa é que o jogo encontre a luz e saia do papel.

Evil Light necessita de muitos parâmetros para ser concluído de maneira satisfatória. Mas, conseguimos chegar longe podendo ter a oportunidade de fazer a exposição do game em eventos locais, em Pernambuco. Um desenvolvimento não simples, a falta de recursos financeiros e de equipamentos de qualidades postergam a conclusão do jogo”, disse Well Gomes, criador do jogo.

Abaixo tem um trailer de Evil Light:

CANDY AND TRICKS será lançado em 13 de Outubro para PC e MOBILE

Hoje vamos falar de um game indie que tem potencial para agradar qualquer tipo de jogador. Candy and Tricks, da Gutierrez Games, é um jogo de puzzle e aventura que conta a história de um gato preto que tenta voltar para a casa de sua dona, uma bruxa. Porém, essa aventura não será fácil, pois para chegar em seu destino ele precisa enfrentar diversos desafios em um cenário de fantasia repleto de referências ao Halloween.

Candy and Tricks conta com 60 fases e foi criado para proporcionar uma desafiadora aventura ao jogador. O jogo foi elaborado para ter uma gameplay de 24h, onde o jogador encontrará desafios extremamente difíceis em que ele deverá usar estratégias criativas e muita agilidade para concluir suas fases. De acordo com Antonio Gutierrez, criador do game, o projeto traz de volta a jogabilidade divertida e desafiadora de um dos clássicos da web: “O Jogo mais difícil do Mundo”, porém com novos recursos.

pt1b“Desde nossa infância cultivamos o sonho de criar uma empresa de jogos bem sucedida. Já desenvolvemos diversos outros projetos, mas Candy and Tricks é o primeiro a ser produzido com o objetivo de ir para mercado de jogos. Com a ajuda de diversos mentores e usuários nos fornecendo excelentes feedback sobre o jogo, estamos aprendendo a cada dia que passa mais sobre nosso sonho”, conta Rodrigo Gutierrez, CEO da Gutierrez Games.

O grande desafio é vencer as diversas fases morrendo o menor número de vezes possível. Quanto mais rápido, melhores são os prêmios recebidos ao final das fases e há ainda recompensas a serem coletadas que facilitam a vida do jogador. Se você gosta de alto desafio e jogos com estética retrô, dê uma olhada no que os irmãos Gutierrez fizeram aqui após quatro anos conquistando editais públicos e sendo finalistas em competições na área de games.

Para quem não conhece, a Gutierrez Games é uma produtora paulista com dois jogos e dois aplicativos na Play Store. Dentre eles The Infection, jogo casual onde o jogador é um vírus que tenta sobreviver dentro da corrente sanguínea e Recado Para Você, aplicativo de frases motivacionais diárias.

Abaixo tem o trailer de Candy and Tricks:

Bonded Heroes – Novo game da Kaldra Games traz narrativa densa aos jogos incrementais

O novo jogo de estúdio indie Kaldra Games é certeiro para quem busca ação, exploração, mistério e descobertas fantásticas. Bonded Heroes an Idle Adventure chega no dia 12 de junho trazendo uma narrativa rica e maior interatividade aos chamados jogos incrementais. O game traz uma grande diversidade de heróis, sendo que cada um deles possui características únicas, gerando novos diálogos e situações inusitadas.

Um jogo incremental (também conhecido como idle game) é um jogo em que o jogador realiza uma ação simples e constante para poder progredir. A Kaldra aposta neste segmento que já conta com conceituados cases de sucesso, como o “Adventure Capitalist”, “Tap Titans” e “Egg, Inc”. Vale lembrar que o estúdio é o mesmo do elogiado Vampilão, também para celulares.

kaldra“Muitos jogadores sentem a falta de narrativas envolventes nos jogos mobile. Com o Bonded Heroes, nós propomos a entrega de diálogos envolventes, e interatividade do player para com o jogo, criando uma imersão na estória contada”, afirma Rodrigo Hülsenbeck, Game Designer da Kaldra Games.

Toda a ação de Bonded Heroes se passa no mundo de Asmoth, um local mágico habitado por criaturas místicas e vilões macabros. A Kaldra Games fez questão de criar heróis e equipamentos igualmente fantástivos, de modo que o tom do jogo é repleto de fantasia e diversão.

É com o Bonded Heroes que a Kaldra mira atingir o nicho de jogos incrementais interativos, posicionando-se como referência mundial no gênero. Recentemente o estúdio se classificou para a grande final pré-aceleração da Playbor, que é a primeira pré-aceleradora de games do mundo.

Abaixo tem um trailer de Bonded Heroes:

Instituto promove o JERA, jogo de realidade alternativa inspirado em ARG

A cidade de Lavras, em MG, tem história e cultura muito ricas. Tanto é que o Instituto Presbiteriano Gammon (IPG) está promovendo até o dia 12/06 a primeira edição do JERA, um projeto que promete unir a jogabilidade de um ARG (Alternate Reality Game, jogo de realidade alternativa) com o ensino da história da cidade. A intenção é ensinar aos estudantes um pouco mais da história da cidade de uma maneira mais moderna e lúdica.

“O JERA foi criado para unir a história do Gammon com o aprendizado dos alunos”, comenta o professor e diretor do IPG, Alysson Massote Carvalho. “É evidente a relevância histórica e cultural que o Gammon tem com a cidade de Lavras e com o Brasil, mas muitos dos novos alunos ainda não conseguem vivenciar essa conexão com o nosso passado. A intenção é que isso seja explorado nos jogos”, explica.

800Estruturado para acontecer ao longo dos meses de maio e junho, o JERA foi desenvolvido pela produtora Final Quest, start up de tecnologia e educação com foco no uso de jogos para fins educacionais, com o apoio da Spaço In Consultoria de Marketing Educacional. Segundo Fábio Melo, co-fundador da Final Quest, quando o jogo começou a ser desenvolvido, em 2008, os projetos mais conhecidos eram “I love Bees”, nos EUA, e o “Instituto Purifica”, realizado pela MTV Brasil.

O projeto envolve alunos dos sextos e sétimos anos, que se organizarão em equipes e participarão de caças ao tesouro. Serão 8 desafios, divididos em 4 temas principais: Esporte, Valores morais, Sucesso e personalidades e Família e comunidade. De modo que a inspiração principal foi o jogo educacional “Onde está Carmen Sandiego?”. A partir daí, os alunos em buscas pela história da cidade.

Sobre o JERA

 lavras

Entre os desafios, estão a história de um ex-aluno do Gammon que chegou à presidência da República e um trecho do Hino de Lavras. “Contar mais do que isso estragaria o jogo”, brinca Carvalho. Os jogos já começaram e o resultado está sendo positivo. O JERA não é de participação obrigatória e mesmo assim conseguiu aderência de 92% de alunos do instituto. O objetivo é consolidar as estratégias do JERA para aplicar uma segunda edição ainda melhor. Ao final do projeto, as equipes que mais se destacarem e acumularem pontos ao longo dos desafios serão premiadas.

“Acreditamos que o JERA será uma oportunidade perfeita para atrair a atenção dos jovens para a riqueza cultural de Lavras. É importante garantir que os nossos jovens saibam e respeitem a nossa trajetória, já que eles serão responsáveis pelos nossos próximos anos de história”, finaliza Carvalho. “A parceria com a Spaço In e a preocupação do IPG em preservar sua história e cultura nos permitiram realizar um projeto que foi concebido há anos. Todos têm muito a ganhar com essa experiência, em especial os alunos.”, completa Melo.

eSports – Brave e ProGaming são admitidos como membros da ABCDE

A Associação Brasileira de Clubes de eSports (ABCDE) acaba de ganhar dois novos integrantes nesta semana, pois os clubes Brave E-Sports e a ProGaming E-Sports acabam de ser admitidos como filiados da entidade após votação unânime conduzida em assembleia realizada em São Paulo.

“A entrada da Brave e ProGaming como membros efetivos é muito importante para a ABCDE. São dois grandes clubes do cenário e tenho certeza que contribuirão ainda mais para o fortalecimento da associação. Tanto a Brave quanto a ProGaming já estão imersas nos trabalhos que estamos fazendo nos últimos meses e essa participação agora será muito maior”, afirmou Carlos Fonseca, presidente da entidade.

gir9b9vqPara quem não conhece, a ABCDE é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com a missão de fomentar o progresso do segmento e representar o eSports no Brasil. A entidade terá o devido reconhecimento para tratar exclusivamente dos interesses dos associados no que se refere a: (I) fortalecer o relacionamento e o profissionalismo dos clubes; (II) participações em eventos presenciais com competição; (III) participações em ligas e campeonatos online; (IV) direitos de imagem para canais de transmissão.

Sobre a ABCDE

Além dos dois novos clubes,  representam a ABCDE, como fundadores, a Big Gods, CNB eSports, INTZ eSports, KaBuM! eSports, Keyd Stars, Operation Kino e paiN Gaming. T-Show e Team One também participam da associação como membros aspirantes.

A criação da Associação Brasileira de Clubes de eSports veio da união dos principais clubes brasileiros para acompanhar o crescimento, profissionalização, a regulamentação e o reconhecimento dos eSports no país.

Quero Educação realiza Hackathon em São José dos Campos

A cidade de São José dos Campos será palco do Code In Quero, a hackathon anual realizada pela Quero Educação. O evento acontecerá nos dias 27 e 28 de maio, e as equipes participantes terão 24h para construir um protótipo a partir do zero, executando uma ideia que esteja alinhada com o tema do ano: Colaboração e Comunicação.

O Code In Quero é uma maratona de programação que acontece anualmente e já está em sua terceira edição. De acordo com Roger Garcia, diretor de Tecnologia da Quero Educação, o evento visa fomentar a inovação tecnológica no Vale do Paraíba e fortalecer a comunidade de desenvolvedores da região.

O evento é gratuito e contará com premiação para as melhores equipes. Todos os projetos desenvolvidos durante a hackathon serão supervisionados e apoiados por mentores ao longo da competição. Ao final do Code in Quero, todos os protótipos serão avaliados por uma banca julgadora com a participação de fundadores da Quero Educação.

unnamed

Recentemente, a empresa recebeu investimento e passou por uma mentoria com os sócios da YCombinator, aceleradora do Vale do Silício que está entre as mais prestigiadas do mundo. Seu lema é: “make something people want” (crie algo que as pessoas queiram), e o Code in Quero será um ambiente para colocar isso em ação, já que servirá como um guia para a escolha do case vencedor.

Sobre o Code In Quero 2017

O tema deste ano é Colaboração e Comunicação e espera-se que surjam projetos criativos que facilitem a organização de pessoas, ou que criem oportunidades de cooperação, independentemente do domínio de atuação. Eles podem ser sites, apps de celular, aplicativos desktop, hardware, serviços com APIs, enfim, praticamente qualquer coisa que envolva programação.

Participarão da hackathon estudantes universitários (de graduação e mestrado), independente da instituição de ensino. Mais informações sobre o evento no site do evento.

Cursiva – jogo brasileiro busca incentivar a leitura no público infantil

A produtora indie Timeless Games está engajada a criar mais do que um game divertido, mas sim um produto que preste um serviço para seus usuários. Cursiva é uma história interativa cujo propósito é incentivar a leitura entre o público infantil. Para tanto, o jogo é estruturado em capítulos e é possível escolher jogar em português ou inglês, promovendo o treino de línguas.

Cursiva está repleto de desafios e conta com uma narrativa leve e diversas surpresas. O título está em desenvolvimento há 2 meses e deve ser lançado, se não houver empecilhos, no segundo semestre de 2017 na Google Play e AppStore. possui controles simples: basta usar o toque e arraste do dedo na tela para avançar os textos da história, selecionar opções de diálogo e interagir com o cenário, como em uma visual novel.

cursiva“Acreditamos no potencial de jogos como ferramentas capazes de gerar impactos positivos na sociedade. Cursiva, além de estimular o raciocínio e criatividade, tem como objetivo incentivar o treinamento da leitura no público infantil e o relacionamento entre pais e filhos, que são recomendados a jogarem juntos. Estamos confiantes sobre os bons resultados que a primeira história do jogo trará”, afirmou Camila Canuto, artista do jogo e produtora da Timeless Games.

Como nessa idade as crianças ainda estão se acostumando com a letra cursiva, o game também possibilita a escolha entre letra de forma ou cursiva, de acordo com a necessidade ou desejo dos pais e da criança. Cursiva tem uma estética cartoon e é exibido em forma de teatrinho, como se os objetos do cenário fossem feitos de madeira e toda cena fosse montada por alguém.

17361590_2233402213550777_1890094792771162309_nHá diversos personagens e cenários, além de queijos escondidos pelos capítulos da história. Caso todos esses queijos sejam encontrados, um pequeno capítulo extra é desbloqueado pela conquista.

O primeiro cenário do jogo é inspirado na era medieval e conta a aventura deEroy, um rapaz comum que é obrigado a ir salvar a filha do rei. Neste conto ele deve ajudar diversas personagens em seu caminho, desde elfos da floresta a cabras falantes. Cada um desses estranhos apresenta problemas particulares que estão diretamente relacionados as peculiaridades das suas respectivas culturas.

Mais sobre o Cursiva

“O jogo procura com sua diversidade desenvolver também uma consciência social nas crianças” explicou Jonas Beduschi, game designer e programador de Cursiva.

O primeiro capítulo em versão alpha de Cursiva será disponibilizado gratuitamente no dia 26 de maio de 2017, nessa sexta-feira. O jogo completo será pago e está previsto para outubro, mas a Timeless Games decidiu disponibilizar o primeiro capítulo gratuitamente a fim de apresentar o projeto aos pais e jogadores.

Cursiva já está disponível para download no Google Play.

Sana 2017 – Já estão abertas as inscrições para o Artists’ Alley

A organização do Sana 2017 anunciou que estão abertas as inscrições para quadrinistas independentes que desejam expor seu trabalho no espaço Artists’ Alley. O formulário de inscrição e o edital estão disponíveis na Fanpage do evento e o espaço é utilizado para a comercialização de quadrinhos. Os interessados têm até o dia 10 de junho para realizar o cadastro e o resultado será divulgado no dia 12 de junho, também pela página oficial no Facebook.

Outra novidade é a confirmação da presença de Alex Oliver, um dos maiores artistas plásticos da atualidade, que irá expor seus trabalhos para o público. Também estão confirmadas as participações do dublador Wendel Bezerra (Goku, Jackie Chan, Bob Esponja, entre outros) e dos youtubers Satty do “Pense Geek” e Fred do “Anime Whatever”.

ATRAÇÕES DO SANA 2017

asianUma das atrações mais esperadas do Sana 2017 é o show da banda ASIAN KUNG-FU GENERATIONS no dia 16 de julho (domingo). O grupo é conhecido mundialmente por ter criado o hit “Haruka Kanata”, do anime Naruto.

Outro show devastador deve ser a apresentação do Massacration no dia 15 de julho. A apresentação faz parte da turnê de retorno da banda que ficou em atividade até meados de 2012 e agora realiza uma série de apresentações pelo Brasil. Ela ficou conhecida depois que surgiu no programa “Hermes e Renato”, sucesso na MTV.

O evento ainda traz as salas temáticas Harry Porter, K-Pop, Star Wars e um espaço temático de Dragon Ball (com direito a uma escultura gigante do Sheng Long). O Sana segue com sua programação cultural com diversas atrações, entre shows musicais, arenas temáticas, cosplays, dubladores, youtubers, campeonatos de videogames, atividades, exposições, além de convidados nacionais e internacionais.

 

Serviço – SANA 2017

Data: 14,15 e 16 de julho de 2017

Local: Centro de Eventos do Ceará

Horário: sexta-feira 12h às 20h

Horário: sábado e domingo 10h às 20h

Riot Games anuncia calendário da Segunda Etapa do CBLoL

Após a Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2017 (CBLoL) e um Mid-Season Invitational para guardar na memória, começa no dia 3 de junho, sábado, a tão esperada Segunda Etapa do CBLoL, que dará ao time vencedor o título de melhor equipe brasileira do ano, prêmio de R$70.000 e a chance de disputar o Campeonato Mundial de League of Legends, na China.

As oito equipes classificadas para a competição – paiN Gaming, CNB, INTZ, Keyd Stars, Red Canids e as estreantes ProGaming, Team One e T Show – já estão prontas para se enfrentarem no maior campeonato de LoL do país. As escalações foram divulgadas pela Riot Games no site oficial LoL eSports BR. Confira aqui o nome dos jogadores profissionais que vão participar do CBLoL 2017 – Segunda Etapa.

lolO CBLoL será realizado aos finais de semana, no sábado e domingo, até o dia 2 de setembro, data da grande final. Entre os dias 2 e 15 julho, o CBLoL terá uma pausa para a realização do recém-anunciado Rift RivalsClique aqui para conferir o calendário completo e as batalhas já definidas, ambos divulgados nesta quarta-feira (24) pela Riot Games. O local da grande final do CBLoL – Segunda Etapa ainda não foi definido e será divulgado em breve pela Riot Games.

Formato de disputa do CBLoL 2017

O formato da última etapa do campeonato brasileiro será mantido. A Fase de Grupos continua com as partidas de MD2 (Melhor de 2). Em caso de vitória, a equipe recebe 3 pontos, e em caso de empate, 1 ponto. Em seguida, a disputa segue para a Fase Eliminatória, em MD5, quando serão realizadas as semifinais e a grande final.

O último colocado do CBLoL (8º) será automaticamente rebaixado para o Circuito Desafiante. Consequentemente, o primeiro lugar do Desafiante será promovido para o CBLoL 2018 – Primeira Etapa. A Série de Promoção envolverá apenas os 2º e 3º lugares do Desafiante contra o 6º e 7º colocados do CBLoL.

riot games

A parceria entre a Riot Games e a SporTV segue o mesmo formato nesta Segunda Etapa.  A emissora transmitirá ao vivo, no canal SporTV 2, o primeiro confronto de todos os sábados da Fase de Grupos, além das duas semifinais e da final, sempre às 13h.

A competição também terá transmissão todos os sábados e domingos nos canais da Riot Games no YouTube e no Twitch, também a partir das 13h.