Baby Trump – Novo jogo da Icon Games usa bom humor para retratar protestos contra o presidente mais polêmico dos últimos tempos

O destaque do dia é o novo game da produtora brasileira Icon Games, o Baby Trump. Basicamente trata-se de um runner que coloca o jogador no comando de um grupo de manifestantes que carregam um balão com o rosto do presidente norte-americano Donald Trump em uma passeata até a cidade. O grupo tem um grande balão caracterizado como um bebê Trump, cabe ao jogador levar o balão até a cidade mais próxima para vencer o cenário.

Mas não pense que a tarefa será fácil: vários opositores russos Trump tentarão a todo custo furar o balão com facas. Cabe ao jogador tocar na tela para desviar das facas e armadilhas colocadas no ar. Os manifestantes pulam para tentar alcançar o balão, enquanto que outros saltam de para-quedas. Um único golpe irá furar o balão atrapalhando a passeata.

A mecânica de jogo é semelhante ao falecido Flappy Bird, ou seja, basta um toque na tela para fazer o balão subir mais alto. Quanto mais tempo você mantém o balão no céu, mais rápido a ação ocorre, tornando a dificuldade maior. Durante a passeata você deve coletar balões de dinheiro para os fundos de campanha da manifestação.
Baby Trump tem rankings para que você possa postar nas redes sociais e desafiar os amigos. A jogabilidade é simples e ideal para quem curte jogos casuais. Além disso, o jogo tem um estilo de arte minimalista, porém colorido, o que deve atrair jogadores mais jovens. O título é gratuito e está disponível na Google Play.

Sobre o Baby Trump:

O balão Baby Trump existe de verdade é geralmente é muito utilizado em protestos contra o presidente americano, como forma de ridicularizar sua política e forma de interagir com as pessoas. Muito relacionado às polêmicas, o presidente dos EUA costuma responder seus críticos pelo twitter, justificando o aparelho celular na mão do boneco inflável.

Últimos dias para se inscrever no torneio de eSports e-Copa Zico de futebol virtual

A Copa do Mundo da FIFA já acabou e os franceses foram os grandes vitoriosos, mas o esporte mais amado do planeta ainda tem seu momento com mais um torneio de eSports chancelado pelo ex-jogador e ídolo do Flamengo e da Seleção Brasileira, o Zico. Trata-se da e-Copa Zico 2018, um campeonato virtual de PES cujo foco é a integração entre os amantes do futebol virtual. Nesta competição disputam equipes de condomínio, de projetos sociais, de comunidades, colégios etc.

As inscrições estão abertas, são gratuitas e vão até o dia 18 de julho. A Copa Zico, em si, acontecerá nos dias 19 e 20 do mesmo mês com as classificatórias online. Já as finais são presenciais e ocorrerão no CFZ (Centro de Futebol Zico do Rio Sociedade Esportiva) no dia 22 de julho.

A e-Copa Zico 2018 tem apoio da FERJEE (Federação do Estado do RJ de Esporte Eletrônico). De acordo com a organização, na Fase Online, as vagas são ilimitadas e os 32 melhores atletas de cada categoria, (Junior – 12 a sub 16 anos, e Senior – mais de 16 anos) irão para a final presencial no CFZ.

A Competição já é bastante famosa entre os fãs de eSports, pois ela completa em 2018 dez anos de existência. Um dos pontos que diferenciam esta competição de outras é que a Copa Zico busca dar oportunidade a novos talentos, além de integrar classes diferentes dos jovens apaixonados por futebol. Além do Rio de Janeiro, o torneio ainda passa pelas cidades de Taubaté, São Paulo e Juiz de Fora.

O grande campeão leva para casa um PS4 e uma camisa autografada pelo ídolo Zico. Já o segundo lugar leva para casa um fone de ouvido ideal para quem curte jogatina online com os amigos. Você pode se inscrever no torneio através do site oficial.

Serviço – e-Copa Zico 2018

Data: 19 e 20 – Fase Classificatória Online

22- Fase Final Presencial

Endereço: Av. Miguel Antônio Fernandes, 700 – Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro – RJ

Horário: 14hrs às 19hrs.

Pixel Ripped 1989 – jogo brasileiro de Realidade Virtual está disponível para compra antecipada com 20% de desconto com download no dia 31 de Julho

Há algum tempo falamos sobre o ambicioso projeto Pixe4l Ripped 1989, jogo do estúdio brasileiro ARVORE. Pois bem, temos novidades sobre o game de realidade virtual: ele está disponível para compra antecipada com 20% de desconto com download no dia 31 de Julho para todas plataformas de VR. Esta é uma das ações do estúdio que celebram todo o tempo de desenvolvimento e para beneficiar os fãs que acompanharam ansiosamente.

Pixel Ripped 1989 estará disponível nas plataformas PlaystationVROculus Rift e SteamVR. Aqueles que optarem pela compra antecipada no PlaystationVR e Oculus, poderão comprar o jogo pelo valor promocional de $19.99 dólares. O preço final no lançamento será$24,99 dólares. Haverá também um desconto temporário de lançamento para consumidores da Steam começando no dia 31 de Julho.

O jogo que marca a estreia do estúdio ARVORE é uma verdadeira ode ao passado dos games, trazendo uma série de referências aos consoles da era 8 bits. Basicamente você encarna a personagem Nicola, uma aluna da segunda série que tem o seu mundo ameaçado pelo Cyblin Lord, um vilão capaz de atravessar a barreira entre o mundo dos games e a vida real. Cabe a você ajudar a experiente Dot, uma personagem de videogame, a rechaçar a ameaça. Para isso, o jogador deve encarar desafios no mundo 2D de jogos retrô, ao mesmo tempo em que deve distrair uma professora irritada e fugindo do temido diretor do colégio no mundo 3D.

Ainda durante a etapa de desenvolvimento, Pixel Ripped 1989 recebeu prêmios, como os da Intel e do AMAZE Indie Festival, assim como indicação ao IndieCade, Proto Awards e no VR Awards 2018. Ao que tudo indica este será um game imperdível e um dos melhores já produzidos em nosso país.

Abaixo tem um trailer de Pixel Ripped 1989:

Copa Kinoplex PES 2018 – Campeonato de futebol virtual reunirá mais de mil jogadores nas salas de cinema do RJ

A Copa do Mundo da Fifa já está em seus momentos finais, mas isso não quer dizer que o esporte será abandonado entre os fãs do esporte inventado pelos ingleses (pelo menos não o virtual). Durante o mês de agosto os fãs de PES que estiverem no Rio de Janeiro poderão disputar a Copa Kinoplex PES 2018, um torneio virtual que irá ocorrer em 41 salas de cinema da rede Kinoplex.

A edição de estreia do torneio começa no dia 04 de agosto, sendo que as inscrições estarão abertas a partir de 16 de julho. O evento é produzido pela rede Kinoplex e a agência V3A, com parceria da Microsoft. De acordo com os organizadores, a primeira fase do torneio será realizada entre os dias 04 e 25 de agosto, sempre aos finais de semana até às 13h. A Copa será em formato mata-mata, com os participantes avançando conforme ganhem as partidas.

A fase final será disputada pelos 41 vencedores de cada sala, que terão 32 competidores cada. Os vencedores disputarão a Master Final, dia 26 de agosto no Kinoplex Nova América. A grande final será transmitida ao vivo através da plataforma de streaming Mixer, da Microsoft. O grande campeão se classificará automaticamente para o Campeonato Brasileiro de Futebol Digital (PES) e ganhará 1 console X-Box One S 1TB, 12 meses de Xbox Gold Live (serviço de assinatura da plataforma e 1 ano de ingressos com acompanhante para cinemas da rede Kinoplex.

Confira a lista de cinemas e número de salas participantes da Copa Kinoplex de PES 2018:

 

BIG Festival 2018 bate recorde de visitantes em sua 6ª edição

porO BIG Festival já é considerado o maior evento de jogos independentes da América Latina há alguns anos e apesar das recentes polêmicas, a peteca não deixa de cair ano após ano. Prova disso, é o recorde de visitantes nesta 6º edição, que atraiu cerca de 30 mil pessoas. O evento aconteceu entre os dias 23 de junho e 1º de julho em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo, e no Rio de Janeiro, no Centro Cultural Oi Futuro.

“É muito importante para nós esse sucesso de público”, diz Gustavo Steinberg, diretor do BIG Festival. “Isso mostra o interesse da comunidade e da indústria quando se trata de desenvolvimento de jogos no Brasil. Se considerarmos os games finalistas da premiação, Panorama Brasil, jogos de estudantes brasileiros e BIG Brands, tivemos um total de 50 jogos brasileiros em exposição (57% dos jogos de todo evento). Isso ajuda a posicionar nosso país como hub internacional de negócios para jogos independentes na América Latina”, completa.

De acordo com a organização do BIG, a Rodada de Negócios chegou a mais de 2.200 reuniões entre desenvolvedores e investidores, com a participação de 428 empresas, de 29 países e 850 profissionais de toda indústria criativa. A intenção foi discutir tendências do setor no Brasil, além de reunir investidores que façam o Brasil crescer ainda mais no mercado de jogos digitais. Inclusive uma delegação de empresas chinesas vieram até o evento para conhecer a produção nacional de jogos.

Vale também destacar que cerca de 646 games foram inscritos no evento, oriundos de 53 países. O grande vencedor da cerimônia foi o game de estratégia Frostpunk, desenvolvido pela polonesa 11 bit Studios. Entre os games nacionais, No Heroes Here, do estúdio paulistano Mad Mimic Interactive, ganhou tanto como Melhor Jogo Brasileiro quanto como Voto Popular, prêmio escolhido pelos visitantes do festival.

BIG Festival 2019 já está confirmado

O BIG Festival 2019 acontecerá de 22 a 30 de junho. No BIG 2018 foi montado um ponto de recebimento de sugestões, elogios e críticas para as próximas edições. A organizacao promete trazer o melhor do BIG Festival no ano que vem, com grandes novidades e surpresas.

Jogo oficial Final Fantasy Awakening mobile chega ao Brasil em português

Essa é para os fãs de Final Fantasy que estavam esperando por novidades. A Square-Enix, em parceria com o estúdio Oasis Games, acaba de lançar o jogo Final Fantasy Awakening para Android e iOS. O game segue a premissa de outros jogos da própria franquia, sendo um RPG de ação 3D com o mesmo estilo visual, narrativa, e sistema de combate consagrados da popular franquia.

O título conta com batalhas em tempo real a fim de dar maior dinamismo aos combates. O jogador precisará pensar estrategicamente para saber os melhores momentos para usar as habilidades especiais dos personagens, que são os 14 guerreiros originais de Final Fantasy Type-0. Cada herói possui conjuntos de habilidades e características de combate únicas.

De acordo com a Square-Enix, a formação de guerreiros segue o esquema 1+2+2. Isso significa que o jogador terá um personagem principal, e poderá alterar dois personagens conforme os combates exigirem. Isso representa um elemento tático que deve ser levado em conta, dependendo de cada adversário.

Os gamers podem até invocar os Eidolons, os deuses da guerra, em combate. Eidolons, como Ifrit, Shiva, Odin e Bahamut, são criaturas colossais e extremamente poderosas, características da série Final Fantasy, que podem alterar o curso dos combates.

A fim de agarrar os jogadores brasileiros, a produtora vai garantir suporte em português, além de facilitar as formas de pagamento ingame através dos sistemas do BoaCompra e do PagSeguro. O título é gratuito para jogar, mas possui venda de itens na loja dentro do jogo.

Como não poderia deixar de ser, Final Fantasy Awakening ainda conta com cenas cinemáticas de alta qualidade, e com o elenco de dubladores japoneses originais de Final Fantasy Type-0. Incluindo Hanazawa Kana (Deuce), Kaji Yuuki (Ace), Nakamura Yuuichi (Trey), e vários outros seiyuus de destaque. Com isso, o jogo oferecerá a mais imersiva experiência para todos os jogadores.

O jogador poderá usar os 14 heróis Class Zero, diretamente do Final Fantasy Type-0 original, e mais alguns heróis inéditos. Alguns desses ‘Demônios Vermelhos’ incluem Ace, armado com um baralho de cartas; Deuce, conhecida como “A Voz da Cura”, que ataca os inimigos com a música de sua flauta; Rem, “Lâminas da Sombra”, que usa duas adagas para dilacerar os oponentes; e vários outros. Disponível para Android e iOS.

Abaixo tem um trailer de Final Fantasy Awakening:

Zumbi Olé – Futebol é a arma para combater zumbis em game de aluno da Fatec Carapicuíba

Ainda inspirados pelo clima de Copa do Mundo, hoje vamos falar de um game criado pelo aluno Raul Tabajara da Fatec de Carapicuíba. Trata-se de Zumbi Olé, um game de celular em que o jogador precisa driblar zumbis para somar pontos, salvar o mundo e se tornar um novo craque. O game é para dispositivos Android e já é bem conhecido do público brasileiro, de modo que já ultrapassou a marca de 33 mil downloads e está disponível gratuitamente.

O game gira em torno de Yara, uma menina que sonhava em ser jogadora de futebol, mas viu seu futuro ameaçado após um apocalipse zumbi dominar o planeta. Para sobreviver, ela resolve encarar a batalha e sair driblando os mortos-vivos, tomando cuidado para não ser capturada e devorada por eles.

A grande diferença do Zumbi Olé para tantos outros jogos é sua proposta inusitada ao misturar dois temas tão diferentes como futebol e apocalipse zumbi. Como se não bastasse, o game não tem nada de violência. Tudo aqui está envolto na habilidade e talento esportivo de Yara. O jogo foi uma das atrações do Big Festival, um dos principais eventos de games independentes do Brasil, e se classificou entre as 15 melhores produções nacionais do gênero em 2017.

A Copa do Mundo também contribuiu para aumentar o interesse dos usuários pelo aplicativo, mas o destaque tem sido a ótima aceitação do público feminino. De acordo com Raul Tabajara, colocar uma garota como protagonista foi proposital e serviu para quebrar paradigmas, dando representatividade às mulheres no esporte mais amado do país.

Para desenvolver o Zumbi Olé, o desenvolvedor contou com a parceria de amigos e do professor Alvaro Gabriele Rodrigues. Ele conta que a ideia surgiu assistindo ao seriado de zumbis Walking Dead. “Os monstros são muito lentos. Não precisa de armas para derrotá-los, basta pular para o lado e gritar: olé”, explica. “Poderia criar um jogo com essa concepção e colocar uma bola nos pés da personagem, fazendo uma alusão ao esporte mais popular do Brasil”.

Segundo o estudante, que também lançou recentemente o jogo Masmorra da Tortura, o próximo passo será uma nova versão do Zumbi Olé para computador com novos recursos, como loja virtual para compra de chuteiras mais potentes e uniformes de clubes e seleções. O game está disponível gratuitamente na Google Play.

Abaixo tem o trailer de Zumbi Olé:

Sana 2018 – Abertas as inscrições para os campeonatos de jogos digitais e primeiras atrações já estão confirmadas

Está para começar a edição 2018 do Sana, um dos eventos de cultura pop mais importantes do Brasil. A edição deste ano contará novamente com a Arena Games, espaço dedicado a Campeonatos abertos dos jogos digitais mais arrasadores da atualidade, tais como o Hearthstone, o League of Legends (LoL), o Tekken 7, o Street Fighter V e o Dragon Ball FighterZ. As inscrições para participar dos campeonatos estão abertas  e a competição ocorre durante o período de evento, ou seja, entre os dias 27, 28 e 29 de julho, no Centro de Eventos do Ceará.

No torneio, os amantes dos jogos têm a oportunidade não só de apreciar seus ídolos jogando no palco de games, como também de competir com outros jogadores. Algumas competições serão realizadas em formato misto, com etapa online e etapa presencial. De acordo com a organização do Sana, uma premiação de R$ 3 mil está reservada para os vencedores dos jogos nessa edição.

As inscrições podem ser feitas de forma antecipada até o dia 18 de julho e também no próprio Sana, para os jogos sem etapas classificatórias (ou seja, que terão partidas apenas no dia do evento), caso ainda tenham vagas disponíveis no dia. Os valores para as inscrições dos jogos custam R$ 10 e, para o LoL, R$ 50 por equipe. Combos (inscrição + entrada) também podem ser adquiridos de forma antecipada. Os editais com todas as informações de cada disputa estão disponíveis no Portal Sana.

Além dos torneios, o Sana vai contar com estandes das maiores empresas da área de games e tecnologia. A expectativa é que as empresas irão apresentar novos games, produtos para computadores e celulares dedicados a jogos digitais. Além disso, haverão escolas de arte digital que vão mostrar um pouco da área de desenvolvimento de jogos nacionais e sorteios de prêmios. Como se não bastasse, o palco principalconta com a presença de Youtubers que farão apresentações ao vivo.

INGRESSOS PARA O SANA

A venda de ingressos para o Sana está a todo vapor. A novidade nesta edição é a comercialização online pela plataformaSympla que oferece mais conforto e comodidade para o público. Com os recursos do Sympla, os visitantes poderão entrar no evento apresentando o QR Code do ingresso virtual, seja por meio de um papel impresso ou apenas com o QR diretamente pelo celular.

Os interessados também podem adquirir seus ingressos nos pontos físicos. O público encontra os ingressos do Sana na loja Imaginarium (Shopping Parangaba), na Clikks (Shopping Benfica), na Gracom (Centro e Sul), nas Lojas Nagem (Shoppings Iguatemi, Jóquei, RioMar Papicu, North Shopping e Via Sul), na Loja Dominária e na Loja Loja Mr. Fantasy – Centro.

Para essa edição, a organização divulga um novo ingresso com pacote especial para os fãs do grupo sul coreano BP Rania.  O ingresso dará aos fãs os benefícios de entrada diferenciada no evento pela portaria A, o acesso ao frontstage para o show do BP Rania e a participação no Meet & Greet do grupo. Os 50 primeiros ingressos vendidos nessa categoria também darão acesso ao fansign do BP Rania, isto é, uma sessão de autógrafos com material oficial do grupo. Valor do ingresso: R$ 110,00 exclusivo para o sábado (28), com venda somente online e limitada a 100 unidades.

O Sana continua com a ação de ingresso social, que garante o mesmo valor de meia-entrada a pessoas que levarem 1 kg de alimento não perecível, ou de 1kg de ração entregues na portaria do evento. Os alimentos arrecadados serão destinados ao IPREDE – Instituto da Primeira Infância e a ração ao abrigo São Lázaro.

>Serviço: Sana 2018

Data: 27, 28 e 29 de Julho de 2018

Local: Centro de Eventos do Ceará

Horário: sexta-feira 12h às 20h

Horário: sábado e domingo 10h às 20h

No Heroes Here – Game vencedor de edital da Spcine ganha prêmios no BIG Festival

O ano de 2018 tem sido extremamente positivo para os desenvolvedores brasileiros do estúdio indie Mad Mimic Interactive: após confirmar versões para PS4 e Switch, o game No Heroes Here sagrou-se um dos campeões do BIG Festival, o mais importante evento de jogos independentes da América Latina. O game levou dois prêmios do festival: o de melhor jogo brasileiro e de melhor jogo pelo voto popular. Foi o único da lista de vencedores a ter uma vitória dupla.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o jogo da Mad Mimic conquistou um prêmio importante! Durante a etapa de desenvolvimento, o game foi contemplado no edital de games da Spcine de 2016. De acordo com Luis Tashiro, um dos produtores de No Heroes Here, o jogo veio em um período sensível para a empresa.

“ Nós estávamos há 2 meses produzindo um jogo que acabou dando bastante errado. Até que um dia conversei com a equipe e disse que estava cancelando o projeto e que nos próximos dias iríamos começar um brainstorm para pensar em ideias novas. Todas as nossas referências foram tiradas de jogos do gênero couch co-op. Ao final do terceiro dia de discussão sobre o novo jogo, eu dei a ideia de juntar o processo de cozinhar (produção) do Overcooked com derrotar inimigos em estações diferentes do Lovers in a Dangerous Spacetime. Dessa união veio a primeira ideia do No Heroes Here”.

Para quem não teve a oportunidade de conhecer, No Heroes Here é um jogo co-op para até 4 jogadores. Neste frenético simulador de defesa de castelo, os jogadores precisam gerir recursos, cooperar e coordenar entre si. O trabalho em equipe torna-se mais importante que as habilidades individuais.

A premissa é que o Reino de Noobland perdeu seus heróis, mas há um ataque inimigo chegando. Cabe aos “Não-Heróis” a tarefa de impedir os inimigos. Você deve forjar diferentes tipos de munição para carregar os canhões, tais como barris de mel, galinhas enlouquecidas, entre outras loucuras. A jogabilidade é bem simples e divertida. Não é por acaso que o game foi tão premiado.

Ao todo existem mais de 50 fases e o macete é tomar decisões rapidamente e em conjunto a fim de destruir as hordas invasoras. Para isso, você deve manter a comunicação com seus parceiros de quest.

Abaixo tem um trailer de No Heroes Here:

Unesp disponibiliza jogos em PDF gratuitamente que auxiliam no estudo de matemática

“Matemática não é comigo”. Certamente você já ouviu essa frase, certo? Pois é justamente pensando nas pessoas com maior dificuldade no aprendizado de exatas que o Laboratório de Matemática da Unesp está disponibilizando em seu portal online mais de 50 jogos para colaborar com o aprendizado dos alunos. Os jogos podem ser impressos e trazem técnicas que desafiam a lógica, raciocínio e desenvolvimento cognitivo.

O propósito desses tipos de jogos não é focar somente na diversão e sim que os alunos busquem aumentar seu potencial, no desenvolvimento de novas habilidades. A Unesp criou o laboratório de matemática como um de seus inúmeros projetos de extensão para dar total suporte às aulas práticas de matemática.

O método segue a premissa da gamificação, ou seja, aprender jogando e se divertindo. E não funciona apenas com crianças não! Essa nova forma de aprendizado garante aos alunos maior autonomia e fornece condições suficientes para o aluno interpretar à sua maneira todo o conteúdo programático.

De acordo com a Unesp, os jogos em sala de aula colaboram para ampliar o poder de concentração do aluno, tornando o ambiente em sala de aula favorável à aprendizagem. Entre os inúmeros benefícios estão que o aluno encontra melhores sugestões para a solução de problemas, aumenta sua capacidade de autoquestionamento, desenvolve pensamento estratégico, melhora a memória e até um aumento na capacidade intelectual do aluno.

Dito isto, vamos falar sobre os 8 jogos que a Unesp indica para melhorar a capacidade dos alunos em resolver problemas matemáticos:

Os jogos são disponibilizados para download em formato PDF, prontos para serem impressos, se você é professor, pedagogo ou quer participar da educação de seu filho, basta clicar aqui. Ah, os jogos foram organizados conforme a divisão do Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, e também do Ensino Médio. No site mencionado acima tem as regras e os tabuleiros para download.

Jogos do 1º ao 5º ano

1 – Sempre 10

É um tabuleiro com espaços para peças de 1 a 9. O objetivo do jogo é tentar encaixar as peças que no final deverão resultar em 10. A regra do jogo é que a soma das peças de cada linha seja 10.

As competências obtidas por meio desse jogo são habilidades de desenvolver cálculos, envolvendo operações de adição e subtração.

2 – Jogo dos pontinhos

O jogo consiste em uma folha de papel pontilhada. O objetivo desse jogo é somar mais pontos, sendo o máximo de 2 jogadores. A regra é traçar e unir os pontinhos até fechar um quadrado.

Esse jogo aumenta a capacidade de raciocínio lógico e agilidade na tomada de decisão.

3 – Feche a caixa

No tabuleiro, existem 40 casas enumeradas de 1 a 40. Será disponibilizado ao aluno 2 dados com faces diferentes. Um enumerado de 1 a 6 e outro enumerado de 1 a 10. O objetivo do jogo é rolar os dois dados e multiplicar o resultado total, ao passo que as equipes vão fechando as casas, ganha a equipe que fechar todas as casas do seu tabuleiro.

Esse jogo aumenta as competências e habilidades em desenvolver estimativa, cálculo mental envolvendo adição e multiplicação, e manipulação algébrica.

4 – Borboleta

O tabuleiro é composto por 12 espaços vazios e contém 9 peças vermelhas e 9 peças azuis. O objetivo desse jogo é capturar todas as peças do adversário. O jogo é parecido com o jogo de dama, onde o jogador vai movimentando as peças à frente até capturar as peças do adversário.

Aumenta o raciocínio lógico e intuitivo da criança.

Jogos do 6º ao 9º ano

5 – Alquerque

O alquerque é formado por um tabuleiro de 25 casas dispostas em 5 fileiras de 5 casas cada uma e possui 4 linhas que ligas as casas medianas dos 4 lados do tabuleiro. Também são disponibilizadas 12 peças vermelhas e 12 peças azuis.

O objetivo é acumular mais peças do adversário. Esse jogo estimula o raciocínio lógico e intuitivo.

6 – Estrela mágica soma 26

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de estrela e o objetivo é preencher as casas do tabuleiro com peças enumeradas com os seguintes números: 1, 3, 4, 5, 8, 9, 10, 12. A soma em cada linha deve ser igual a 26.

O jogo desenvolve competências e habilidades de desenvolver estimativas e cálculo mental envolvendo adição e subtração.

Jogos do Ensino Médio

7 – Jogo da corrente

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de corrente com 19 casas e são disponibilizados aos participantes 18 peças vermelhas e 18 peças azuis. O objetivo do jogo é não marcar a última casa.

Esse jogo desenvolve habilidades de elaborar estratégias e desenvolver o raciocínio lógico e intuitivo.

8 – Pentaminós

O pentaminó é um quebra-cabeça geométrico. Consiste em um tabuleiro com espaços vazios. É disponibilizado aos participantes, peças em formatos geométricos estratégicos que precisam ser encaixados nos buracos vazios do tabuleiro.

O jogo aumenta habilidades de atenção, concentração, domínio das anatomias geométricas, noção de área e perímetro.

Games Independentes, Jogos Nacionais, Produção de Games e muito mais.