Painters Guild

Painters Guild: game indie brasileiro retrata período da Renascença

Games e arte. Aí está uma discussão antiga que já deu muito o que falar. Nosso game do dia tenta aproximar os jogos digitais de uma forma de arte reconhecida: a pintura. Painters Guild é um game indie que coloca o jogador no controle do jovem Leonardo Da Vinci, que está dedicado a ganhar a vida com quadros, pintando-os, vendendo-os e sendo reconhecido entre os grandes mestres da Renascença.

A primeira versão do game mostra os primeiros anos da carreira de Da Vinci, ainda quando era um mero aprendiz de Verrocchio. Entretanto há planos para que novas versões sejam lançadas contando um pouco da vida de outros artistas. Além de criar quadros, o game permite que o jogador customize seu ambiente de trabalho, escolhendo papel de parede, decoração, etc. Além disso, é possível se relacionar com outros personagens do jogo, até mesmo formar relacionamentos amorosos.

Painters Guild é um RPG que tenciona mostrar o cenário artístico parisiense do século XVI. O título é criação do desenvolvedor gaúcho Lucas Molina, que resolveu contar a História da Arte através dos videogames para um trabalho de mestrado da UFRGS. A previsão é que o jogo chegue a sua versão final à Steam em agosto deste ano, mas antes disso há a possibilidade dele dar as caras no BIG Festival em maio.

A versão final deverá ser um sandbox em que a aristocracia francesa encomenda quadros de artistas em ascensão. O jogador controlará uma guilda de artistas nesse cenário, e é aí que surgem problemáticas como disciplinar seus artistas ou vender seus bens para salvar a carreira de um artista que é talentoso, mas está ficando cego. As decisões do jogador influenciarão o desenrolar do jogo.

Os gráficos do game são em pixel art, o que confere um ar retro/indie ao produto. O interessante é que, com exceção da trilha sonora, todo o jogo é criação de Molina. Outra curiosidade é que o game entrou para o Steam Greelight com ampla aceitação do público, mostrando que ainda existe interesse de muitas pessoas pela História da Arte. Enquanto a versão final não chega, veja o vídeo abaixo.

Confira o trailer de Painters Guild:

tablets

Tablets superam notebooks em vendas pela primeira vez, segundo estudo da IDC

Há vários motivos para se investir tanto em jogos para plataformas móveis em detrimento à jogos para PCs: o baixo custo de produção de jogos e também a popularização desses dispositivos . De acordo com dados apresentados pela IDC Brasil os tablets foram mais comercializados em 2013 do que notebooks.

A empresa de consultoria divulgou dados consolidados do mercado de tablets no Brasil referentes ao quarto trimestre e do ano de 2013. De acordo com os dados, foram vendidos cerca de 8,4 milhões de unidades de tablets no Brasil, o que representa um crescimento de 157% em comparação com o que foi comercializado em 2012. No último trimestre foram vendidos cerca de 3 milhões de tablets devido às festividades de fim de ano.

“No ultimo trimestre de 2013 foi a primeira vez, desde que foram lançados, que os tablets superam os notebooks em volume de vendas em mais de 800 mil unidades”, disse Pedro Hagge, analista de mercado da IDC Brasil. Além do Natal, outra data que contribuiu para o crescimento de tablets foi a Black Friday, que empurrou preços para baixo e as vendas para cima.

Com o mercado de tablets aquecido é certo que mais estúdios devem investir na criação de novos jogos e aplicativos. Além disso, os tablets são mais fáceis de serem portados que os notebooks, sendo que alguns até possuem tecnologia superior a alguns notebooks. Espere que o setor cresça mais e mais games sejam desenvolvidos para tablets.

princesa pop

Princesa Pop: fenômeno dos jogos de moda chega ao Android e iOS

O game de hoje é bem voltado para o público feminino e é um dos mais populares do gênero de moda. Princesa Pop é um game da empresa francesa Beemoov e é considerado um dos mais completos jogos do gênero já criados, e um dos mais populares, com mais de 18 milhões de jogadores inscritos.

O game Princesa Pop já era conhecido pelos jogadores de PCs, porém o estúdio resolveu levá-lo até as plataformas móveis. Desde o inicio de abril o jogo da Beemoov está disponível para download através da Google Play e da App Store totalmente em português.

No jogo, as garotas controlam uma garota dos tempos modernos com a intenção de torná-la uma princesa, ou seja, torná-la bonita e popular no mundo pop. Para isso, basta avançar de nível vencendo concursos de moda e de decoração, criando looks para se vestir ou decorar sua casa.

Princesa Pop quer tentar simula a vida de uma adolescente preocupada com seu status social e beleza. Deste modo, visitam-se lojas de roupas, lojas de decoração, agencia de empregos, agência de viagens, baladas, salão de beleza, etc. Pode-se até iniciar um relacionamento, ou terminá-lo, e escolher uma profissão para manter a vida de princesa.

Apesar de parecer apenas um jogo cheio de glamour, o game permite que o usuário varie o visual da protagonista: há a possibilidade de adotar um estilo mais gótico, punk, burlesco, entre outros. Cada novo nível alcançado permite que a jogadora acesse novas roupas, empregos, penteados, etc.

O download do game é gratuito para baixar. Depois a jogadora cria uma conta ou a acessa através do smartphone se já possuir o game na versão para web. A versão móvel de Princesa Pop também permite a interação entre outras jogadoras (assim como na versão para PCs), porém algumas funções foram ajustadas para deixar o game mais social, como a possibilidade de participar de leilões, desafiar outras usuárias, participando de fóruns e até disputando em um ranking das mais populares.

Abaixo tem um trailer do game Princesa Pop:

North Wind

Conheça o jogo indie North Wind: Trill of Consciouness

O game indie da vez é chamado North Wind: Trill of Consciouness, um jogo bastante incomum com mais cara de retro que você já viu. Nele acompanhamos a história de Dir, um garoto selvagem que foi criado por uma Amazona em segredo. Para garantir que o garoto possa sobreviver sozinho, a mulher que o cria propõe um desafio: colocá-lo em uma caverna a fim de derrotar um morcego. Porém as coisas não ocorrem como esperado.

A missão não será fácil, pois haverá uma missão de inimigos a serem derrotados. A dinâmica do jogo se resume a explorar e coletar mapas, reordenando-os a fim de descobrir novas localidades. Para conseguir mais mapas, o jogador deve coletar energias roxas.

Existem oito mapas que podem ser combinados, gerando um total de 512 combinações possíveis. Os cenários variam de templos, à cavernas e florestas, conferindo boa variedade na hora da exploração. Na verdade, o game tem elementos de RPG e adventure, lembrando por vezes jogos como Metroid, por exemplo.

É difícil explicar como funciona, mas a ideia é a troca de partes do mapa por partes de outro mapa, a fim que eles se integrem e liberem novos caminhos.

O game é inspirado em livros infantis, porém tem um nível de dificuldade elevado. A ideia é que o jogador sobreviva aos desafios neste puzzle cheio de personalidade. O game já está disponível para download na App Store e tem versão em português. North Wind: Trill of Consciouness esteve em desenvolvimento desde setembro de 2012 pelo game designer Henry Gosuen.

Abaixo você confere o trailer do game North Wind: Trill of Consciouness:

Corrupção Free

Corrupção Free: game indie conviada jogador a combater políticos corruptos

Ano de eleições no Brasil. Quer um país ou época melhor para criar um game que critique a política? Um desenvolvedor indie chamado Danilo Carlessi criou um jogo chamado Corrupção Free. O título é do mesmo criador do jogo Rolezinho Ascenção Social 2.

O game coloca o jogador no controle do ministro Joaquim Barbosa em uma saga contra políticos corruptos. De acordo com a descrição do jogo “(…) apenas um herói pode nos salvar da tirania dos Corruptos”.  Porém há a advertência de que não será fácil livrar o país dos corruptos.

A versão gratuita do game conta com 5 fases, 4 personagens inimigos, uma jogabilidade simples e uma trilha sonora que promete envolver os jogadores. O objetivo é capturar 3 mapas do Brasil em cada um dos cenários. Além dos mapas, é importante coletar também moedas da justiça espalhadas pelos cenários. Essas moedas são o pagamento do que é certo para os justos e as moedas deixadas para trás ficam com os corruptos.

Independente da sua inclinação política, o jogo trás uma crítica social bastante pertinente e possui uma jogabilidade funcional. Em tempos de eleição é bom que surjam jogos eletrônicos que divirtam e passem alguma mensagem social. O título pode ser encontrado no Google Play.

dash games

Dash Games: evento que reúne profissionais de jogos eletrônicos de vários países

Os jogadores da região de Porto Alegre terão um bom motivo para sair de casa nos dias 13 a 15 de maio: a data marca o início do evento Dash Games. Para quem não conhece, o evento reúne grandes nomes do desenvolvimento de jogos da América Latina. Além disso, em paralelo ocorrerá a quarta edição do BITS – Business IT South America. O local escolhido é o Centro de Eventos FIERGS.

Este será o primeiro evento internacional voltado exclusivamente para a indústria de jogos da América Latina. Haverá convidados de diversos países como EUA, Finlândia, Chile e Argentina. O evento propõe compartilhar e estudar a indústria local e seus aspectos como produção e mercado a fim de ampliar o conhecimento técnico entre estudantes, profissionais e desenvolvedoras.

As palestras serão realizadas nos três dias de evento, das 14h às 19h. Nos dias 14 e 15, das 9h às 12h, acontece o Match Making. De acordo com a organização, serão realizadas 15 palestras com desenvolvedoras nacionais e internacionais, além de publishers. O Match Making, citado anteriormente, será um encontro entre 18 empresas associadas com 13 publishers e investidores nacionais e internacionais.

Esse evento será um marco para o mercado do RS, pois a partir dele estaremos no mapa mundial de desenvolvedores de games. Já estamos sendo reconhecidos por varias empresas e investidores internacionais como possíveis parceiros e o DASH fortalecerá muito nosso ecossistema de produção”, disse Carlos Idiart, presidente da ADJOGOSRS.

As inscrições para o evento custam R$ 100,00 para empresas associadas à ADJOGOSRS e R$ 150,00 para o público em geral. Para se inscrever basta acessar o site do evento.

Palestras Dash Games

13 de maio

14h20 – Martina Santoro – Sócio-fundadora da OKAM Studio – Argentina

15h20 – Victor Hugo Queiroz – Modelador 3D – Brasil

15h55 – Edh Muller – Pré Lançamento Tormenta – Brasil

17h10 – Marco Galvão – Programador Joy Masher – Brasil

18h10 – Peter Vesterbacka – Vice-Presidente e Diretor de Marketing da Rovio Mobile. Criador do Angry Birds – Finlândia

14 de maio

14h20 – Agustín Cordes – Fundador do Senscape – Argentina

15h20 – Tiago Hoisel – Ilustrador – Brasil

17h10 – Mario Wynands – Diretor PIK POK – Nova Zelândia

18h10 – Steven Escalante – Fundador e  Gerente Geral da Versus Evil – Estados Unidos

15 de maio

14h20 – Sebastian Álvaro Gonzalez – Produtor – ACE Equipe Software – Chile

15h20 – Christopher Kastensmidt – Game Designer Ubisoft – Estados Unidos

16h10 – Palestra de Luiz Ojima Sakuda – Pesquisa da indústria de games no Brasil

17h10 – Team1CDD – Distorções: Um game brasileiro em 3D – Brasil

18h10 – Mike Foster – Gerente de Contas América Latina da Sony Computer Entertainment  America LLC – Estados Unidos

Games Independentes, Jogos Nacionais, Produção de Games e muito mais.