Brothers N Games lança Save the Pigeon para Android e iOS

A produtora indie brasileira Brothers N Games lançou há pouco o jogo Save the Pigeon, um título casual para plataformas mobile que aposta no alto desafio para agarrar os jogadores. O objetivo do game é ajudar um pequeno pombo a sobreviver na cidade grande. São muitos perigos que ameaçam a vida de um pombo recém-chegado à metrópole.

Para sobreviver, é necessário desviar de pipas e fios elétricos. E também tem a neblina, que deixa o desafio ainda maior. Todo cuidado é pouco. O título é um teste de reflexos e habilidades.

Conforme avança e coleta itens especiais o jogador acumula pontos que podem ser compartilhados nas redes sociais. O desafio é ser o melhor guardião de pombos da cidade. Save the Pigeon ainda possui um modo mais fácil, de modo que as crianças podem apreciar o jogo também.

Save the Pigeon já está disponível para download gratuito para dispositivos Android e iOS.

Beenoculus e Azuris oferecem 1º curso de Games Imersivos com realidade virtual

A realidade virtual é a grande aposta do mercado de jogos eletrônicos para os próximos anos. Não apenas as grandes fabricantes de hardware e software apostam nessa empreitada, como também muitas pessoas que trabalham com publicidade e propaganda. Pois bem, outra empresa que aposta nessa tecnologia é a startup Beenoculus Tecnologia, que acaba de lançar o 1º Curso de Programação de Games Imersivos com Realidade Virtual do Brasil.

Este curso é chamado de CrossMobile Imersive Games Essentials e é fruto de uma parceria com a Azuris Cloud System, empresa especializada em sistemas de mobile e nuvem. De acordo com os responsáveis pelo curso, a grade será voltada para empresários, estudantes e desenvolvedores de games do Brasil. O curso será online.

De acordo com a Beenoculus, a intenção do curso é preparar o aluno para o desenvolvimento de jogos que utilizem o VR em dispositivos Mobile Crossplataform com C#. Vale lembrar que este curso é uma introdução ao desenvolvimento de jogos e, deste modo, oferece uma visão geral de games desenvolvidos tanto em 2D quanto em 3D para várias plataformas.

“Queremos preparar mais pessoas para conhecerem o mundo dos jogos imersivos em realidade virtual, contribuindo para que esse mercado cresça no Brasil e no mundo. O curso é uma forma de estimular o setor e abrir novas frentes para o desenvolvimento de games que despontem ainda mais o país em VR”, afirma Rawlinson Terrabuio, diretor de Marketing da Beenoculus Tecnologia.

Quem estiver interessado sobre o curso, basta acessar o site da Azuris. As inscrições já estão abertas e oferecem descontos especiais para membros da Assespro. De acordo com as empresas, o curso online ficará disponível pelos próximos três meses, com média de duas aulas por semana. A ideia é que sejam formadas novas turmas a cada trimestre.

Senac RJ promove workshop de Trilha Sonora para Games

Quem estiver pelo Rio de Janeiro entre os dias 26 e 28 de agosto já tem algo relacionado bem interessante para se fazer neste mês de agosto. O Senac RJ irá promover uma série de workshops de Audiovisual, entre eles o de Trilha Sonora para Games. A ideia é ensinar a composição de trilhas sonoras de jogos digitais e apresentar as possibilidades narrativas, além de discutir diferentes abordagens na composição, com exemplos reais.  Este workshop será conduzido pelo arranjador e músico Rafael Smith, arranjador e orquestrador para a TV Globo.

Além deste, o Senac também tem vagas para as oficinas de Edição de Vídeo, Edição de Vídeos para o YouTube, Captação de Áudio para TV e Cinema, Edição de Vinhetas para Rádio, Trilhas Sonoras para TV e Cinema, Sonorização de Igrejas, Videomapping e Produção de Música Eletrônica para DJs, todos ministrados por profissionais reconhecidos no mercado.

Outro grande destaque  é o curso Trilhas Sonoras para Cinema e TV, que apresenta as possibilidades narrativas da música por meio da discussão e demonstração de exemplos no cinema e na televisão. Este curso é voltado para profissionais de produção musical, edição de vídeo, áudio e efeitos especiais, além de compositores, músicos, sound designers e estudantes de música.

O interesse deste curso é devido a possibilidade de ser usado para profissionais da indústria de jogos eletrônicos, afinal uma das partes mais importantes de um game é justamente a trilha sonora. O instrutor deste curso é Alexandre Negreiros, mestre em Musicologia que trabalhou como diretor musical do estúdio de dublagem Cinevídeo e foi assistente de Direção Musical na TV Manchete.

Conforme destacado, há vários outros workshops sendo desenvolvidos para a unidade Copacabana. Tem cursos para quase todas as áreas do audiovisual. Tem até um curso de edição de vídeo para YouTube, desenvolvido para quem quer aprender na prática técnicas e dicas de edição de áudio e vídeo, além de uma breve introdução em efeitos especiais. O curso tem como instrutor o Paulo Gregory, publicitário e especialista em comunicação audiovisual que também é editor de vídeos no IBGE. Se você quer diferenciar seu canal no YouTube, aí está uma boa oportunidade.

Serviço – Workshops de Audiovisual Senac-RJ

Unidade Copacabana – Rua Pompeu Loureiro, 45

Inscrições: Tel: (21) 4004-2002 ou e-mail: copacabana@rj.senac.br.


Trilhas Sonoras para Games – com Rafael Smith

Data: 26/08 e 28/08

Horário: 18h30 às 22h

duração: 8h

Investimento: R$ 199,00


Trilhas Sonoras para Cinema e TV – com Alexandre Negreiros

Data: 19/08 e 21/08

Horário: 18h30 às 22h

duração: 8h

Investimento: R$ 199,00
Mais informações sobre os demais cursos podem ser obtidos pelo telefone da unidade Copacabana (21) 4004-2002 ou pelo e-mail copacabana@rj.senac.br.

 

Magic Master: segundo jogo da Mopix Games aposta na mistura de gêneros para conquistar público

O estúdio Mopix Games de Belo Horizonte está com uma campanha de crowdfunding no Kickante para tirar seu segundo game do papel. O título é chamado de Magic Master e é uma mistura de dois gêneros bastante populares entre os jogadores: tower defense e beat ‘em up. A campanha vai até o final de agosto e precisa de R$ 10 mil para seguir a produção até ser lançado para Android e iOS.

No título o jogador assume o papel do último salvador das terras do reino e deve defender uma torre dos ataques incessantes de ordas de orcs e goblins, além de dragões e até gigantes. O game tem uma ambientação inspirada em universos medievais, como Senhor dos Anéis e Dungeons e Dragons.

Basicamente você deve disparar feitiços contra os atacantes através de um sistema de upgrades conforme as fases vão sendo vencidas. De acordo com a Mopix, o jogo tem um sistema de jogabilidade inovadora: os diferentes poderes são utilizados de acordo com o movimento de deslizar de dedos do jogador na tela. Um gesto para frente serve para lançar fogo; um deslizar para baixo conjura relâmpagos, por exemplo.

“É um jogo de muita ação e pancadaria que envolve combates frenéticos contra hordas de monstros, vale tudo para proteger a torre remanescente de Ukala”, esclarece Raoni Dorim, CEOe game designer da Mopix Games.

Além dos comandos únicos, o game ainda conta com combinações de poderes para causar mais danos aos inimigos. É possível combinar feitiços de água e raio, por exemplo, para atingir mais inimigos e causar mais danos. Além disso, à medida que o jogador combate a horda de orcs, mais poderes são liberados, possibilitando combos inimagináveis para destruí-los, diz a equipe da Mopix.

O game está em desenvolvimento para mobile, mas ainda não há plataformas definidas ou previsão de lançamento.

Vídeo explicando o game Magic Master:

Ilusis Interactive Graphics anuncia o jogo Paper Cat

O estúdio indie Ilusis Interactive Graphics acabou de anunciar seu mais novo game. Trata-se de um título de plataforma 2D chamado Paper Cat que mistura exploração, puzzle, destruição e muito humor. No título você controla um gato chamado Slick, que é obcecado pela lua.

Slick é o típico gato de hábitos noturnos, ou seja, ele gosta de sair pela casa durante à noite para causar desordem pela casa sem acordar seu dono Frank. A ideia é quebrar coisas. O problema é que a casa é um antiquário e sempre tem coisas exóticas espalhadas pelos cômodos. O game ainda permite que o jogador customize a skin de Slick através de itens espalhados pelos cenários.

A cada noite, há a possibilidade de acessar novos cômodos e encontrar itens especiais, além de quebrar objetos gigantes com reações em cadeia. Quando Frank vê o que acontece ao acordar suas reações são hilárias e garantem o tom de humor do jogo. Mas não pense que o caos promovido por Slick é feito por nada: na verdade ele sempre foi bastante obcecado pela lua. Talvez a pilha de entulho criada pela destruição em cadeia pode se tornar uma escada rumo ao satélite natural da Terra.

O game está em desenvolvimento e ainda busca fundos para sair do papel. Por isso, o estúdio criará uma campanha de crowndfunding para levantar os custos do game. Além de lançar o game, o valor levantado será doado para uma ONG de adoção de gatos, pois o estúdio firmou uma parceria recentemente.

O game ainda não tem data de lançamento definida. Também não há plataformas definidas para o lançamento. O último game lançado pela Ilusis foi game Krinkle Krusher para PS4, PS3 e Psvita. Vamos ficar de olho. Mais informações estão disponíveis na página oficial do game no Facebook.

Paper Cat Preview

Blizzard anuncia World of Warcraft Legion

Durante a Gamescom 2015, realizada recentemente, a Blizzard anunciou a nova saga de sua série mais amada. Batizado de World of Warcraft Legion, o título é a sexta expansão do aclamado MMORPG e tem como pano de fundo a ameaça representada pelas forças de Sargeras, o Destruidor de Mundos. Para deter o vilão, os heróis terão de formar aliança com os Caçadores de Demônios de Illidari e aprender a usar armas lendárias espalhadas por Azeroth.

De acordo com a Blizzard, Legion estará repleto de novidades e conteúdo, como o advento de uma nova classe (Caçador de Demônios); Novos itens; Um novo continente chamado Ilhas Partidas; Novo sistema de Honra JxJ; Possibilidade de ir direto para o nível 100, entre outras novidades.

“Em World of Warcraft: Legion, o perigo que ameaça a Aliança e a Horda é maior do que nunca, por isso vamos deixar as forças mais destrutivas de Azeroth diretamente nas mãos dos jogadores”, afirma Mike Morhaime, CEO e co-fundador da Blizzard Entertainment. “Seja causando devastação como um Caçador de Demônios, seja desbloqueando novas habilidades para seus Artefatos, os jogadores vão desenvolver o poder dos personagens de maneiras jamais vistas.”

A Blizzard não confirmou a data de lançamento, mas já tem bastante material sobre a expansão disponível no site oficial.

Trailer de World of Warcraft Legion

Ubisoft e Electronic Sports World Cup anunciam campeonato mundial de Just Dance com etapa presencial em São Paulo

Atenção, jogadores de Just Dance!  A Ubisoft e a Electronic Sports World Cup anunciaram há poucos dias que o campeonato mundial de Just Dance terá uma etapa presencial em São Paulo. A competição é considerada a “Copa do Mundo de Just Dance” e como grande atrativo está a viagem para a França na grande final mundial.

A competição é aberta a jogadores de Just Dance de todo o mundo. O período de classificação começou no  dia 19 de julho e vai até 29 de outubro, quando 18 finalistas viajarão a Paris para as grandes finais, que acontecem entre 30 de outubro e 1º de novembro. Um brasileiro já tem lugar garantido na final.

A honraria é de Diego “Diegho.san” dos Santos, que venceu a edição 2014, quando Just Dance se tornou o primeiro game casual a fazer parte do ESWC. Para facilitar a vida dos jogadores, há um site para acompanhar as etapas.

De acordo com a organização, para participar da competição basta há dois métodos:

1 – Modo multiplayer online de Just Dance 2015 (“World Dance Floor”).

A cada domingo – de 19 de julho a 23 de agosto -, serão selecionados os jogadores com melhor desempenho no modo World Dance Floor, em um horário pré-determinado, nos seguintes países: França, Reino Unido, Itália, Espanha, Austrália, Nova Zelândia, EUA, Brasil, México, Canadá, Ásia, restante da Europa e restante das Américas.

2 – Quatro eventos presenciais com classificatórias abertas para residentes dos países sede.

– Montreal/ Canadá – Mondial Des Jeux (25 de julho)

– Colônia/ Alemanha – Gamescom (8 de agosto)

– São Paulo/Brasil – Brasil Game Show (12 de outubro)

– Paris/França – Paris Games Week (29 de outubro)

Just Dance

(Não) Salve a sogra em Monster in Law. Vai encarar?

Você gosta da sua sogra? Muita gente vai dizer que não. E foi pensando nesse “amor” que a maioria das pessoas sente pela sogra, alguns estudantes do programa BEPiD (Brazilian Education Program for iOS Development) desenvolveram o game Monster in Law. O jogo brinca justamente com essa pirraça que existe entre genro e sogra.

Com muito humor, o título conta a história de um casal que comemorava sua lua de mel em um lindo típico. Tudo corria bem, até que a mãe da noiva embarcou no navio e começou a atazanar a viagem do casal. Eis que a sogra escorrega no convés do navio e cai em alto mar. As pessoas começam a jogar boias para tentar salvar a mulher, porém a situação não agrada ao genro, que via a desgraça da velha como sua chance de ter uma vida feliz e contente com sua esposa.

A partir daí, o genro passa a estourar as boias que são arremessadas em alto mar. As boias são jogadas em balões enumerados de 01 à 15 e para destruí-los é preciso saber a soma de todas as boias jogadas no mesmo instante, ou seja, que caem na mesma altura. O objetivo é acertar a soma dos resultados e não permitir que salvem a sogra faladeira.

O título está em sua segunda atualização, trazendo algumas melhorias sensíveis e melhor qualidade no gameplay. Tal como o enredo, todo o game é pontuado por um humor negro, mostrando situações e expressões cômicas dos personagens.  Atualmente, o jogo está disponível apenas para a plataforma iOS, mas os responsáveis garantem que a versão para dispositivos Android já está em desenvolvimento.

Trailer do game Monster in Law:

A lenda do herói entra em pré-venda na Nuuvem

Já mencionamos o jogo brasileiro A Lenda do Herói, aquele título inspirado na animação dos Castro Brothers e que tem todo o jeitão de clássico dos 8-16 bits. Pois bem, após um tempo sem notícias, a Dumativa Creative Studio anunciou que o game entrou em pré-venda na Nuuvem . Os primeiros compradores terão alguns bônus de incentivo. A versão standard  é vendida por R$ 29,99. Já a versão premium custa R$ 54,99 e vem com skins exclusivas de vários Youtubers brasileiros.

Para quem não conhece, o jogo A Lenda do Herói é de estilo plataforma em 2D com características semelhantes a jogos como The Legend of Zelda e Wonder Boy in Monster Land. O título segue a aventura de um cavaleiro que tenta resgatar uma princesa. Para isso, ele deve passar por diversos inimigos, plataformas voadoras e todos os perigos de uma terra mágica. Toda a aventura é embalada por uma trilha sonora dinâmica e bem humorada que narra os feitos do jogador e os comandos executados no controle.

“Nós decidimos investir na pré-venda de A Lenda do Herói, pois acreditamos muito no universo do jogo e no trabalho que estamos fazendo com os Castro Brothers e a Dumativa. As mecânicas, a trilha sonora, a proposta gráfica e o universo único de A Lenda do Herói já demonstram um potencial imenso para o sucesso”, diz Thiago Diniz, Diretor da Nuuvem.

As duas versões à venda trazem a trilha sonora do jogo; o artbook digital com as artes conceituais e bastidores do desenvolvimento do game; um PDF que contém papertoy do Herói, e também o mapa digital do mundo do jogo e papéis de parede exclusivos para o computador. A versão premium ainda conta com a campanha A Lenda dos Mortos, uma história paralela; além das skins mencionadas anteriormente.

De acordo com a desenvolvedora, o título terá oito mundos inspirados nos vídeos originais dos Castro Brothers, sendo que cada uma conta com 2 fases e um chefe. Durante as fases o jogador ainda deve resolver puzzles e coletar armas e itens para passar pelos inimigos de maneira mais eficaz. O título está em desenvolvimento para Windows, Mac e Linux e deve chegar ao mercado em 2016.

Trailer do game A Lenda do Herói

Brasileiro vence a primeira Copa América de Hearthstone

O Brasil é mesmo o país com os jogadores mais dedicados do mundo, ou pelo menos um dos países com jogadores mais dedicados. Prova disso é a recente conquista da Copa América de Hearthstone. O jogador Lucas “Neves” Neves venceu o primeiro torneio realizado pela Blizzard para o card game mais jogado do momento.

O torneio garante ao jogador o prêmio de R$ 14 mil, além da oportunidade de participar da BlizzCon. A curiosidade é que para garantir o status de campeão, Lucas não venceu nenhuma das temporadas de Hearthstone. Na verdade, o que garantiu sua classificação para a final da Copa América foi sua regularidade durante as temporadas.

O título foi conquistado após vencer o brasileiro Thiago “Coglorin” Pontes, da INTZ, pelo placar de 3-1. Durante a caminhada rumo à final, Lucas ainda teve de enfrenta Augusto “Guuhcardoso” Cardoso, uma das surpresas da terceira temporada; e o jogador Diego “Diegodias” Dias, campeão da 1ª temporada; e finalmente Coglorin, que é um dos melhores jogadores da região.

A terceira colocação ficou com o único jogador não brasileiro desta fase, o chileno Fernando “Wrato” Villanueva, campeão da 2ª temporada, que venceu a disputa contra Diego Dias, da Ownerd. Agora, os melhores jogadores da América Latina, incluindo os melhores da Copa América, deverão jogar a Qualificatória Regional. Os dois melhores deste torneio participarão do torneio das Américas, que leva diretamente a BlizzCon. Estes torneios deverão acontecer entre agosto e setembro.

Games Independentes, Jogos Nacionais, Produção de Games e muito mais.